sexta-feira, 18 de novembro de 2011

STJD desfalca o rubro-negro


Mais problemas para o técnico Vágner Benazzi resolver na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Após ficar sem Marquinhos por mais uma rodada, já que o jogador não se recuperou a tempo para ir a campo hoje, o treinador também não terá à disposição o volante Preto e o  atacante Neto Baiano, que foram julgados na tarde de ontem, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e estão suspensos para o duelo decisivo contra o São Caetano, às 17h, no Estádio Manoel Barradas.

Neto Baiano havia sido expulso na 32ª rodada da Série B, no triunfo do Vitória diante do Náutico, no Barradão. De acordo com o árbitro que apitou a partida, o atacante, em uma disputa de bola, projetou o braço para trás, atingindo o zagueiro Ronaldo Alves, da equipe pernambucana, sendo expulso diretamente. Contudo, Neto foi julgado no artigo 254-A (praticar agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). O jogador foi condenado por unanimidade, a dois jogos de suspensão.  Mesmo fora da partida, o atleta convocou a torcida para reforçar o time na busca pelo acesso.“Quando a torcida está do nosso lado, tudo dá certo. Então, peço para a torcida vir em massa mesmo, lotar o Barradão, para a gente chegar à primeira divisão”, disse o atacante.

Já o volante Preto, que foi expulso nos minutos finais do primeiro tempo da partida entre Vitória e Americana, pela 35ª rodada da competição, também foi suspenso por dois jogos, por infração ao artigo 254 § 1º Inciso do CBJD. Contudo, outro jogador desfalca a equipe para a partida de hoje, no Barradão. Com dores no músculo adutor da coxa, o volante Uelliton foi vetado pelo departamento médico do clube rubro-negro, por estar sem condições de jogo. O atleta havia sido poupado do treino da última quarta-feira, mas não conseguiu se recuperar a tempo para defender o clube.

0 comentários:

Postar um comentário